Sala de Imprensa

Notícias

Padtec atinge a marca de 6 mil quilômetros de redes ópticas da Silica Networks iluminadas na América do Sul

Do norte do Chile ao sul da Argentina, as redes DWDM fornecidas pela Padtec cruzam as mais diferentes e desafiadoras geografias – como o Atacama, a Patagônia e os Andes – e garantem o tráfego de dados a 100 Gb/s da Carrier of Carriers na região.

A Silica Networks, companhia que provê infraestrutura, manutenção e serviços de transporte óptico, tem apostado, ao longo da última década, nas soluções ópticas da Padtec para iluminar suas redes ópticas na Argentina e Chile.

O primeiro projeto contratado pela provedora, concluído em 2009, interligou as cidades de Buenos Aires (Argentina) e Osorno (Chile), num total de 2 mil quilômetros. A rede, que interliga importantes regiões e cruza a vasta cadeia montanhosa da Cordilheira dos Andes, enfrenta geografias desafiadoras, como a do trecho entre Bahía Blanca e Neuquén, que registra temperaturas abaixo de zero grau no inverno e altíssimas temperaturas no verão.

“A parceria de longa data com a Silica representa a consolidação da presença da Padtec no mercado externo, sendo resultado da estratégia de internacionalização adotada pela empresa na última década, que culminou em operações diretas nos mercados latino-americanos”, afirma Pablo Prieto, Gerente Geral do escritório da Padtec na Argentina.

Outra solução óptica fornecida pela Padtec à Silica para conectar as cidades de Buenos Aires e Santiago do Chile garantiu um volume ainda maior de tráfego de dados das avançadas redes de telecomunicações da RedClara – Cooperação Latino Americana de Redes Avançadas, que interliga clientes corporativos, instituições acadêmicas e universidades na América Latina. Esse trecho, que aproveita a infraestrutura de cabos soterrados de um gasoduto, confere à rota altos índices de confiabilidade.

“Para a Padtec, é motivo de orgulho participar de projetos como esse e fornecer equipamentos e tecnologias brasileiras para redes voltadas ao ensino e pesquisa em ciência e tecnologia, que hoje conectam instituições acadêmicas na América Latina com o mundo”, enfatiza Pablo.

Entre as iniciativas importantes nessa área de que a Padtec participa, por intermédio das redes da Silica, estão os projetos do observatório científico Pierre Auger, uma instalação internacional voltada para a observação astronômica, e o projeto ALMA (Atacama Large Millimeter), maior programa astronômico do mundo, situado no Deserto do Atacama (Chile), a mais de 5 mil metros de altitude. Os projetos, dirigidos pela comunidade científica internacional, são pioneiros em seus campos de pesquisa.

Horácio Martinez, presidente da Silica Networks, fala com entusiasmo sobre a possibilidade de hospedar datacenters nas regiões frias da Patagônia. “Assim como os datacenters do hemisfério Norte alojados em países como a Suécia e a Finlândia, acreditamos que a Patagônia, com seu frio extremo e sua abundância em energia renovável, é ideal para armazenar dados por longos períodos”, afirma. “Além disso, a transmissão de dados por fibras ópticas consome menos de 10% da eletricidade, tornando-se mais rentável para o tráfego de dados de norte a sul. Nesse sentido, acreditamos que a solução da Padtec provê ótimos recursos para tornar nossas redes ainda mais competitivas, modernas e preparadas para futuras demandas, além de colaborar com a proteção do meio ambiente”.

A Carrier of Carriers, que opera uma extensa rede de fibras ópticas, atualmente está investindo em ampliações das taxas de transmissão a 100 Gb/s em suas redes, para a expansão de seu backbone óptico de alta velocidade com ampla cobertura dos territórios argentino e chileno. As mais recentes ampliações nas rotas da Silica contam com transponders de última geração e mecanismos de proteção e margens para expansões futuras, por meio da adição de novos canais.

Ao longo desta parceria, a Padtec implantou mais de 6 mil quilômetros de redes DWDM para a Silica Networks, visando ampla oferta de serviços e expansão de seus negócios. Além disso, novos enlaces encontram-se em fase de projeto e devem ser iluminados pela Padtec nos próximos meses, aumentando ainda mais o footprint de alta capacidade da operadora.

MapaSilicaSemTextoALMA

Mapa das redes DWDM fornecidas pela Padtec para a Silica Networks.