Sala de Imprensa

Notícias

Padtec e Universidade Federal do Ceará inauguram laboratório de redes ópticas

Parceria para a construção do primeiro laboratório de redes de alta velocidade em universidades nas regiões norte e nordeste reforça o posicionamento da Padtec como empresa nacional de alta tecnologia que investe em pesquisa e desenvolvimento brasileiros.

A Universidade Federal do Ceará (UFC), em parceria com a Padtec – uma das líderes mundiais em sistemas de comunicações ópticas –, acaba de inaugurar o seu laboratório de Redes de Alta Capacidade, destinado a treinamentos e à capacitação tecnológica dos estudantes em redes ópticas de telecomunicações. O objetivo é ampliar a experiência prática dos alunos na universidade e, ao mesmo tempo, fomentar o empreendedorismo.

Localizado no campus de Quixadá, o novo laboratório conta com equipamentos da Padtec – entre eles, amplificadores ópticos e transponders de 10 Gb/s de 4U e uma bancada de desenvolvimento com placas abertas. “Com essa parceria, a Padtec espera contribuir para o futuro profissional dos estudantes da universidade, que terão a oportunidade de estar em contato com o que há de mais inovador em equipamentos de redes ópticas de telecomunicações”, afirma Manuel Andrade, CEO da empresa. “Além de ampliar a formação de recursos humanos especializados, essa parceria coloca a Padtec como disseminadora de conhecimento na área de alta tecnologia e fortalece sua posição de referência entre os futuros profissionais do setor”, completa.

No espaço serão desenvolvidas atividades de ensino e pesquisa em sistemas ópticos com tecnologia DWDM (Dense Wavelength Division Multiplexing) para os alunos do curso de Redes de Computadores. Nele, os alunos aprenderão desde a aplicação de testes em diferentes tipos de redes – como a VPN (Virtual Private Network) – a manutenção, configuração e gerenciamento de redes de alta velocidade.

“A parceria com a Padtec traz para a UFC o que há de mais moderno em tecnologia de comunicações ópticas, oferecendo aos alunos a experiência em situações reais, com sistemas idênticos aos utilizados comercialmente, o que resultará em melhor qualificação e desempenho desse aluno no mercado de trabalho”, afirma Davi Romero de Vasconcelos, Diretor da Universidade Federal do Ceará em Quixadá. “Com isso, esperamos contribuir também para que esses futuros profissionais atuem de forma ativa para o sucesso da indústria de telecomunicações”, completa.