Sala de Imprensa

Notícias

Padtec encerra 2016 com desempenho positivo e planos de crescer em 2017

Empresa brasileira de soluções ópticas colhe os resultados do realinhamento estratégico adotado em 2015 e anuncia metas otimistas.

A Padtec, maior fabricante de sistemas de transporte óptico da América Latina, encerrou o ano de 2016 com faturamento da ordem de R$ 300 milhões, melhora significativa nos indicadores financeiros e expectativa de crescimento em 2017. O bom desempenho é resultado de um conjunto de medidas adotadas pela empresa desde 2015, visando restabelecer o equilíbrio econômico-financeiro de suas atividades – afetado pela desaceleração da economia no país.

Em consequência desses esforços, o fluxo de caixa da Padtec apresentou melhoras expressivas em 2016. O endividamento da empresa, por exemplo, diminuiu cerca de 50%, entre o início de 2015 e o final de 2016. Com melhora também no LAJIDA (EBITDA)*, a Padtec não só gerou caixa como também operou no azul em 2016, apresentando lucro líquido. Para Manuel Andrade, CEO da Padtec, “esse resultado é fruto, principalmente, da combinação do esforço progressivo para redução de custos com a venda de produtos de alto conteúdo tecnológico, que permitem margens maiores”.

Ao mesmo tempo, a procura por soluções DWDM (Dense Wavelength Division Multiplexing) cresceu em 2016, estimulando os negócios da empresa. Além das grandes operadoras, os provedores de internet (ISPs) e de serviços over-the-top (OTTs), os centros estaduais de processamento de dados e as concessionárias de energia elétrica com redes OPGW também contribuíram para o aumento da demanda. “Até 2014, esse grupo de empresas estava em quarto lugar na nossa lista de clientes. Em 2016, passou para o primeiro lugar. Atualmente, cerca de 70 clientes ativos fazem parte desse grupo”, afirma Argemiro Sousa, Diretor de Negócios da Padtec. “Fechamos 2016 com o volume de vendas 10% maior do que o de 2015. Esse marco se deve, também, ao ingresso da Padtec no mercado de transmissão óptica submarina e às parcerias tecnológicas feitas ao longo do ano – como a firmada com a Rede Globo, para a primeira transmissão ao vivo com resolução 8K aberta ao público no Brasil, no Museu do Amanhã (RJ), em agosto”, completa.

Na área de pesquisa e desenvolvimento, os esforços da empresa resultaram no desenvolvimento de produtos de última geração – que apresentam arquitetura mais compacta e menor consumo de energia –, acompanhando as tendências internacionais da tecnologia nessa área. Também em 2016, a Padtec ingressou no seleto mercado de transmissão óptica submarina, fornecendo para o Google a rede de alta velocidade que interligará Rio de Janeiro e Santos. “O aumento na taxa de transmissão de bits com canais operando a 200 Gb/s e o OTN Switch, solução que adiciona flexibilidade às redes de transmissão óptica DWDM, devem ser as principais linhas a serem seguidas no lançamento de novos produtos”, revela Roberto Nakamura, Diretor de Tecnologia da Padtec.

*LAJIDA: Lucro Antes dos Juros, Impostos, Depreciação e Amortização. Ebitda: Earnings Before Interest, Taxes, Depreciation and Amortizations.

Na foto: Sede da Padtec – Campinas, São Paulo